Alimentos inimigos do cigarro

- 21 de agosto de 2013

O olfato está diretamente ligado ao paladar. Ao longo dos anos, um fumante tem o seu olfato reduzido, por isso, muitas pessoas alegam perder peso quando começam a fumar e é por isso que, para muitos fumantes, parar de fumar significa engordar. De fato, isso pode ocorrer, já que o olfato fica mais aguçado e os alimentos tornam-se mais cheirosos e apetitosos.

Largar o vício requer uma abertura para novos hábitos. Um deles, é o da alimentação saudável – que ajuda a diminuir a ansiedade e manter o peso. Depois do primeiro grande passo, que é largar o cigarro, o segundo passo é melhorar a alimentação.

Evitar frituras, doces, café, refrigerantes à base de cola e bebidas alcoólicas, já é um bom começo, pois esses alimentos aumentam a vontade de fumar.

Dê atenção especial aos alimentos ricos em antioxidantes – eles se destacam no combate de inflamações, atuam na prevenção de cânceres, doenças respiratórias e cardiovasculares, além de interferirem no paladar do cigarro.

Procure montar um cardápio: inclua leite puro, iogurte, frutas cítricas e antioxidantes, couve e brócolis (http://bit.ly/16v5Rkg). Nos primeiros dois meses é essencial fazer de cinco a seis refeições por dia, ou seja, pequenos lanches entre as principais refeições:

109---#201308-004-Alimentacao---Combate-ao-fumo

No café da manhã, tome uma vitamina de frutas da sua preferência, feita com leite desnatado e aveia, fatias de pão integral e queijo minas frescal magro.

Normalmente sentimos fome no meio da manhã, então, como refeição intermediária tome um copo de suco antioxidante. Acredite, a variedade de frutas é enorme! Açaí, acerola, maçã, morango, limão e uva são algumas das opções mais conhecidas por nós. E ainda existem mais, como a cereja, ameixa, amora, cassis, mirtilo, cranberries, framboesa, jabuticaba e romão. Viu? Opções não irão faltar!

No almoço, prefira saladas de tomate e folhas verdes, temperadas com azeite e limão (antioxidante), peixe grelhado (atum, salmão), espinafre e brócolis cozidos ou refogados ao alho e cebola, arroz integral, soja e grão de bico. E a sobremesa? Uma fruta! Opte por morangos, eles são mais docinhos e podem saciar a sua vontade de doce.

Para o lanche da tarde, substitua aquelas velhas guloseimas por salada de frutas, banana com gérmen de trigo e mel, um mix de cereais com iogurte magro ou barrinhas de cereais que são super fáceis de ser levadas na bolsa.

No jantar, abuse das saladas com alface, cenoura, agrião e grão de bico, frango grelhado, creme de milho ou batata cozida. Faça uma ceia antes de dormir, tome um chá de erva-doce ou cidreira, hortelã ou camomila com uma torrada.

Quando bater aquela crise, masque cravos, beba água (http://bit.ly/1djh47V) ou faça lanchinhos com tirinhas de cenoura ou pedaços de maçã. Não é fácil, mas é uma questão de hábito. Hábitos bons podem substituir os ruins. Pense nos malefícios que o cigarro traz para a sua vida!

TwitterFacebook