Chia: conheça 5 benefícios desse super alimento!

- 25 de setembro de 2014

beneficios da chia

A semente de chia é considerada um superalimento, e é bastante procurada por aqueles que desejam perder peso de maneira saudável. Por seu excelente valor nutricional e a quantidade de fibras e nutrientes presentes em sua composição, a chia está cada vez mais presente no cardápio dos brasileiros.

No entanto, outras propriedades desse grão também merecem destaque, como:

– Auxilia no controle do diabetes, graças ao alto teor de fibras que possui, a chia ajuda a melhorar a sensibilidade ao hormônio insulina, além de também tornar mais lenta a absorção de açúcares pelo intestino, o que acaba contribuindo para manter a glicemia (açúcar no sangue) controlada.

– Possui antioxidantes como o ácido cafeico na sua composição, esse ácido é responsável por auxiliar na desintoxicação do fígado e também ajudam a impedir a foração de radicais livres que agem na destruição das membranas celulares e desencadeiam o processo do envelhecimento.

– Ajuda a manter o colesterol sempre regulado, já que de toda a gordura que existe na sua composição, aproximadamente 77% são formados por ácidos graxos, o ômega 3 e o ômega 6. Uma das principais funções desses ácidos é reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL). Além desse benefício, as fibras presentes na semente também possuem efeito positivo na diminuição da concentração de lipídios no sangue, que é o caso do colesterol.

– Boa fonte de cálcio o que acaba sendo uma ótima alternativa para quem precisa suprir a necessidade do cálcio no organismo, mas possui intolerância à lactose, e necessitam de fontes alternativas desse mineral.

– É eficiente na prevenção de doenças cardiovasculares já que o ao consumir a semente regularmente se consegue evitar doenças como infarto, hipertensão e derrames… tudo graças a quantidade de ômega 3 presente em sua composição.O ômega 3 também reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, podendo também diminuir o colesterol circulante no sangue.

TwitterFacebook