3 dicas para sua garrafa d’água não ficar cheia de bactérias.

- 3 de março de 2017

03.03-BLOG

O instituto americano Treadmillreviews.net, especializado em dados sobre esteiras ergométricas, analisou, durante uma semana, a presença de bactérias em garrafas usadas por 12 praticantes de atividade física e o resultado foi assustador: em alguns casos, foram encontrados mais germes do que em vasilhas para alimentar cachorros!

A notícia assustou todo mundo e chegou para reforçar ainda mais a importância de higienizar ou até trocar as garrafinhas, caso elas estejam muito prejudicadas. Então anota aí 3 dicas para você comprar e conservar melhor a sua companheira inseparável de academia.

  1. Higienização

Não esqueça de lavar a sua garrafa toda vez que ela for usada, dando atenção aos locais de difícil acesso, como a rosca da tampa e as bordas do canudo. Uma escova pode ajudar.

  1. Evite comprar garrafas de plástico

Fuja de embalagens com símbolo de reciclagem com números 3 ou 7. Eles indicam presença de bisfenol, substância que interfere no funcionamento do organismo, aumentando ou diminuindo a ação de hormônios do corpo. Muitos estudos apontam que o bisfenol está associado a doenças como câncer e distúrbios do coração, além de problemas de fertilidade e hiperatividade.

  1. Cuide bem dela

Evite quedas ou batidas e não deixe a garrafa por muito tempo em locais abafados, como o carro. Isso pode favorecer a proliferação dos micróbios.

TwitterFacebook